A poderosa mensagem de Arnold Schwarzenegger aos americanos após a invasão ao Capitólio

Antigo Governador da Califórnia – entre 2003 e 2011 -, Arnold Schwarzenegger recorreu ao Twitter para deixar uma forte mensagem ao povo norte-americano na sequência dos recentes acontecimentos no Capitólio. Bastante crítico de Donald Trump, o ator norte-americano de origem austríaca deixou várias frases fortes e ainda recordou a famosa Noite dos Cristais.

“Presidente Trump é um líder falido ele ficará na história como o pior presidente de sempre o bom é que em breve ele será tão irrelevante quanto um tweet antigo.”

Arnold Schwarzenegger

Vídeo completoMensagem do governador Schwarzenegger após o ataque desta semana ao Capitólio

Japão identifica nova variante em pessoas que estiveram no Brasil

Segundo o Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, a variante é parcialmente similar às detectadas no Reino Unido e na África do Sul

O governo do Japão afirmou neste domingo, 10, que identificou uma nova variante do coronavírus em quatro pessoas que estiveram no Brasil, de acordo com o jornal Japan Times.

Em nota, o Ministério da Saúde afirma que foi notificado dos casos e que tomou as “devidas medidas de precaução”, como pedir às autoridades japonesas os locais de deslocamento dos viajantes no Brasil para rastreamento de potenciais contatos.

Aplicativo usado por apoiadores de Trump é suspenso por Google, Apple e Amazon

Depois do Google, Apple e Amazon também suspendem aplicativo Parler

Rede social, usada por muitos apoiadores de Trump, é acusada de não tomar medidas contra posts que incitam violência. Empresas pedem plano de moderação do conteúdo.

O que é PARLER?

O Parler é um aplicativo americano de microblog e rede social. Com uma base significativa de usuários de apoiadores de Donald Trump, conservadores , teóricos da conspiração e extremistas de direita . As postagens no serviço geralmente contêm conteúdo de extrema direita , anti-semitismo e teorias da conspiração, como QAnon. Jornalistas descreveram Parler como uma alternativa ao Twitter, e os usuários incluem aqueles banidos das redes sociais convencionais ou que se opõem às suas políticas de moderação.