Quantcast

Vídeo – Homem é espancado até a morte no Carrefour em Porto Alegre

Homem negro é espancado e morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre

Vídeo – Homem é espancado até a morte no Carrefour em Porto Alegre

Homem negro é espancado e morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre

Homem negro é espancado e morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre

A Brigada Militar afirma que a vítima passou a brigar com os seguranças do Carrefour por não aceitar ser retirado da loja

Em Porto Alegre (RS), um homem identificado como João Alberto Silveira Freitas, conhecido como Nego Beto, de 40 anos, morreu, na noite dessa quinta-feira (19), após uma briga na porta do supermercado Carrefour, no bairro Passo d’Areia, na zona norte da cidade.

De acordo com informações de testemunhas, ele teria discutido com dois seguranças do local, que foram presos em flagrante. Um terceiro homem, que é policial temporário, também foi detido.

Segundo a Brigada Militar, a confusão teria iniciado no caixa do supermercado, envolvendo o homem e uma funcionária. A vítima teria ameaçado agredir a mulher, que chamou os seguranças. As informações são do portal GZH.

Os dois funcionários teriam encaminhado João Alberto Silveira Freitas para fora da loja. A partir de então, as versões do fato são divergentes.

Rodrigo Constantino justifica a morte de João Alberto Silveira Freitas no Carrefour com o fato dele ser “enorme” e também mente ao dizer que ele agrediu uma funcionária antes de ser assassinado.

Em alta!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
No Facebook
Share on twitter
No Twitter
Share on linkedin
No Linkdin
Share on pinterest
No Pinterest